Torturando o pau e as bolas do passivo

BDSM gay com gois caras estão num porão e muita putaria e dor neste vídeo gay grátis. Veja também brasileiros fazendo sexo assim.

Certamente vai rolar um abuso, e o soldado do exército destrói o outro com muita tortura genital e spank. Ele pega no pau do amigo e o humilha, dando tapas e aproveitando o fato do outro estar amarrado. Ele tampa a boca dele, ofende e faz com que a foda possa acontecer com toda a tranquilidade do mundo.

O pau do submisso está mole e o soldado pega, agora tira a cueca e começa a bater uma, já que o peru está ficando duro. BDSM gay da melhor qualidade!

É nessa hora que ele decide parar e pega uma vara, dando umas pancadinhas na rola dele. Agora ele está por trás do submisso e vemos que o tesão existe, já que querem meter logo.

Os limites no BDSM gay

O soldado é malvado e coloca vários prendedores no corpo, além de amarrar e deixar o submisso todo aberto. Vários ferrinhos são colocados no pau e parece que dará algum tipo de choque, sendo uma bela tortura. Podemos ver que o malvado está com muito tesão e vê o submisso ficar totalmente louco.

Pois é, lembre-se que é apenas uma foda e não é para ser feito fora, porque pode ser algo bem perigoso. Vemos que o passivo totalmente louco e com tesão, porque gosta de se sentir sempre dessa forma. Os gritos indicam que a foda está indo bem e o soldado agora está pelado.

Ele resolve tirar alguns errinhos que estão próximos do pau e dá uns tapinhas no seu peito, fazendo o soldado ficar maluco. A foda termina assim e ambos decidem conversar, mostrar a todos que foi apenas uma brincadeira.

Os dois gostam da coisa e falam sobre a experiência, não indicando que seja feito fora desse ambiente. Pois é, a foda foi encerrada e essa é a questão que fica para todos: o prazer é grande.

Não deixe de subscrever nosso canal gratuito no Xvideos para não perder nossos lançamentos! E se for assinante do xvideos RED aproveite todos os nossos conteúdos que já estão disponíveis!

About The Author
- Sexo gay delicioso, sacana e cheio de putaria.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>