Gays com fetiche por axilas de macho

Você já ouviu falar sobre axilismo, o fetiche por axilas?

Esse fetiche, que também pode ser chamado de axilismo, ainda é muito pouco conhecido das pessoas, sendo mais comum, principalmente, entre os homens gays.

E o que seria o axilismo?

fetiche por axilas
Boy gostoso com suvaco saboroso.

O axilismo nada mais é do que um fetiche ocasionado pelo tesão pelas axilas ou ainda o sexo realizado com o auxílio das axilas.

Algumas pessoas sentem prazer ao terem as axilas tocadas, pelas mãos ou pela língua do parceiro. Enquanto outros têm tesão nas axilas, em tocá-las e também com relação ao cheiro.

A explicação principal para esse tipo de fetiche é a produção dos feromônios, que tem a função principal de atrair os parceiros de maneira sexual. Por exemplo, existindo até mesmo perfumes produzidos a partir deles.

Como é geralmente praticado o fetiche por axilas?

E como é que se pode praticar o sexo para quem tem fetiche por axilas?

A maior parte das pessoas que tem o axilismo sentem atração pela interação direta com as axilas do parceiro, seja pelo odor, pelo toque ou até mesmo pela visão delas.

De uma forma geral, a relação sexual é praticada com o máximo de proximidade com as axilas. De modo a quem tem o fetiche poder acaricia-las durante o momento.

Atos comuns são os beijos, as chupadas e as lambidas nas axilas do parceiro durante o sexo. Enquanto alguns sentem prazer em ter a relação sexual visualizando essa região do corpo.

Para quem gosta de lamber ou sente atração pelo cheiro, o parceiro não pode usar desodorante, visto que isso tira o odor característico que é gerado pelos feromônios.

Melhores posições para ficar próximo das axilas

Agora que você viu mais sobre o fetiche por axilas de macho e como é geralmente praticada essa forma de sentir prazer, é hora de conhecer quais são as melhores posições para ficar mais próximo a essa região corporal.

Apesar de muitas vezes o fetiche ser realizado ainda durante as preliminares, ele também pode ser incluído no ato sexual em si.

Esse conhecimento permitirá que durante o sexo você possa vir a aproveitar ao máximo para sentir prazo próximo às axilas do seu parceiro.

Veja então quais são as melhores posições sexuais para quem possui esse fetiche:

  • Cavalgada de costas curvadas
  • Domando o garanhão
  • A posição relaxada
  • Posição do abraço
  • Encaixadinha perfeita
  • Pouso relaxado

É sempre bom importante ressaltar que há algumas dessas posições que são mais indicadas para mulheres que possuem o fetiche, enquanto outras são aos homens, já que em cada uma delas é possível estar ou não próximo dessa região.

Seja como for, o importante é que você encontre, junto ao seu parceiro, as posições mais adequadas para que possa sentir o máximo de prazer possível ao ter seu fetiche realizado durante a relação sexual.

Conclusão sobre o axilismo

Como você viu, o axilismo, o fetiche por axilias, é ainda pouco conhecido e que ainda se enquadra numa espécie de tabu, não sendo muito falado, principalmente por muitas pessoas ainda acharem isso um pouco estranho.

Neste texto, mostramos como há muitas pessoas que possuem fetiche nas axilas, seja apenas olhando-as, ou ainda acariciando-as, com as mãos ou com a boca, por meio de beijos, lambias e chupadas.

Este é um dos fetiches mais comuns, principalmente, entre homens gays, então se você o possui mas nunca o praticou por vergonha, é importante conversar com o seu parceiro sobre isso.

Jamais tente algo sem ter o consentimento do seu parceiro, pois pode ocasionar estranheza a quem não está acostumado e esperando aquela determinada situação.

Gostou do artigo de hoje sobre gays com fetiche por axilas de macho?

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.

Gays com fetiche por axilas de macho

About The Author
- Sexo gay delicioso, sacanagens gays e muita putaria entre machos.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>